O produtor de frutos secos das Terras de Oiro

O produtor de frutos secos das Terras de Oiro

Recentemente, uma nova categoria de produtos foi adicionada ao portefólio do projeto das Terras de Oiro: frutos secos, do produtor Ataman.

A Ataman, também denominada como Companhia do Lucriz – Sociedade Agro-alimentar, surge na freguesia de Perais como resultado do investimento na cultura da nogueira, por parte do empresário turco-canadiano Ural Ataman.

Os primeiros passos foram dados em 2016 e, atualmente, estão plantados 300 hectares de nogueiras em Vila Velha de Ródão. A aposta é feita nas variedades “Chandler” e “Howard”.

Estudos realizados mostraram que a cultura da nogueira é bastante rentável, além de poder ser mecanizada praticamente na íntegra, o que permite um à-vontade diferente quando se fala no problema da mão-de-obra. A empresa neste momento emprega 16 pessoas.

As preocupações ambientais estão na ordem do dia da Companhia do Lucriz, nomeadamente, o uso eficiente da água. Desde o início da atividade, foram instalados sistemas de monitorização para o uso eficiente da água, sendo a rega feita gota-a-gota e gerida conforme as necessidades da árvore, com uma “vigilância constante” no terreno, gerando muito pouco desperdício. Foram também colocadas sondas para avaliação da humidade do solo e câmaras de pressão para monitorização do stress hídrico das plantas.

É de referir ainda que a exploração se encontra em Produção Integrada, existindo o uso muito regrado de pesticidas, admitindo-se que até possa vir a evoluir para o Modo de Produção Biológico, sobretudo face à crescente redução de substâncias ativas no mercado dos fitofarmacêuticos. 

Promover e divulgar os produtores da região de Vila Velha de Ródão é o principal objetivo do projeto Terras de Oiro.

Há um riquíssimo património gastronómico à espera de ser desvendado. Descubra-o! Encomende na nossa loja online.

Share this post