PORTAS DO ALMOURÃO

PATRIMÓNIO NATURAL

PORTAS DO ALMOURÃO

As Portas de Almourão situam-se entre a Aldeia do Xisto da Foz do Cobrão (Vila Velha de Ródão) e Sobral Fernando (Proença-a-Nova), correspondendo à garganta do rio Ocreza.
Esta diversificada paisagem geológica suporta ecossistemas muito bem preservados, que albergam uma importante área de nidificação de aves de rapina e outras espécies muito importantes como, por exemplo, o melro azul, a lontra, o texugo e o esquilo.

PORTAS DO ALMOURÃO
Estrada Municipal 545 (Chão da Servas – Foz do Cobrão)
6030-163 Foz do Cobrão
Vila Velha de Ródão

Estacionamento gratuito 
Com miradouro

Posto de Turismo de Vila Velha de Ródão
T: +351 272 540 312 (Chamada para a rede fixa nacional) |
T: +315 963 445 928 (Chamada para a rede móvel nacional)

PATRIMÓNIO NATURAL EM VILA VELHA DE RÓDÃO

PORTAS DO ALMOURÃO

As Portas de Almourão são uma ocorrência geológica que resulta da ação do rio Ocreza, cujas águas rasgaram as imponentes escarpas quartzíticas localizadas nos concelhos de Vila Velha de Ródão e Proença-a-Nova. Trata-se de um geosítio classificado no Geoparque Naturtejo e local de uma beleza de cortar a respiração.
Neste ponto, deparamo-nos com um desfiladeiro com 400 metros de profundidade, que dá lugar a um vale com uma paisagem selvagem e deslumbrante, onde nos sentimos pequenos perante a grandiosidade da Natureza.
No local regista-se a presença constante de espécies animais com elevado estatuto de proteção, entre as quais se destaca a colónia de grifos que nidifica nos rochedos que ladeiam o rio Ocreza, a cegonha-preta, o bufo-real, a garça real e a águia-cobreira, entre outras espécies. No rio é possível observar as lontras que pescam e brincam nas suas águas.
Percorrer o Caminho do Xisto de Foz do Cobrão, um dos percursos pedestres sugeridos pelo Município de Vila Velha de Ródão, é uma das formas recomendadas para conhecer melhor a paisagem singular que rodeia as Portas de Almourão.