COOPERATIVA DE AZEITES DE RÓDÃO

RODOLIV

A Cooperativa Rodoliv viu o seu azeite certificado e premiado, resultado de um trabalho desenvolvido em prol de um único objetivo, a qualidade. A qualidade da matéria-prima é fundamental para a qualidade final do produto, mas a capacidade de resposta do lagar também tem de ser tida em conta, porque a azeitona não deve esperar mais de 48 horas entre ser colhida e triturada, tal como não deve ser colhida em avançado estado de maturação. Vila Velha de Ródão tem já pergaminhos de longa data no que se refere à sua azeitona, pelo que o lagar não pode estragar a sua qualidade. O “ouro líquido” da região de Vila Velha de Ródão continua a somar créditos. A adaptação, evolução e modernização da Cooperativa de Azeites de Ródão foi o primeiro passo, consolidado depois com a certificação de um azeite que hoje se encontra entre os melhores do mundo. Fundada em 1987, conta com uma história de persistência e evolução. “O primeiro ano de atividade foi uma escola. Tivemos uma campanha com 600 toneladas, mas ainda com pouco equipamento e falta de gente qualificada”, mas foi aí que a direção teve luz verde dos sócios para avançar com o primeiro investimento – um decanter novo, que eliminou as filas de espera e o armazenamento prolongado da azeitona. Seguiu-se a instalação da linha de receção e a montagem do laboratório, onde se analisa o rendimento da azeitona. E até hoje, as alterações e adaptações, para conseguir melhores resultados não pararam.


RODOLIV
www.rodoliv.com

Produtos Rodoliv